Kero

Cadeia de hipermercados


O sector da distribuição moderna e do retalho nunca teve tanta importância em África: o continente tem registado taxas de crescimento económico entre as mais elevadas do mundo, e assistido ao crescimento de uma cultura de consumo, a par do número de centros comerciais. Em Angola, o sector do comércio também cresceu. O seu peso no PIB aumentou 24% entre 2007 e 2013, para 26,7%. A consultora A.T. Kearney considerou Angola o terceiro país africano com melhores condições para o crescimento e desenvolvimento do sector do retalho, destacando a classe média em expansão como uma das oportunidades deste mercado.

Apesar de a cultura de comércio formal em Angola estar ainda em desenvolvimento, o mercado do retalho, que inclui hipermercados, supermercados e lojas de proximidade, conta com mais de 12.500 operadores. A maior cadeia de hipermercados em Angola, o Kero, é um investimento da Cochan, através da Zahara Comércio. Criada em 2010, é uma empresa de distribuição alimentar moderna e focada na promoção dos produtos angolanos. Tem hoje 12 supermercados e hipermercados, em Luanda, no Lobito e em Benguela, incluindo o maior hipermercado em Angola e o segundo maior de África, o Kero Gika, em Luanda.

O Kero trabalha para chegar a todos os angolanos e para responder às necessidades e aos desejos dos consumidores em Angola. Só em 2016, as lojas venderam 178 milhões de artigos e receberam 15 milhões clientes.

O Kero faz ainda a gestão operacional da rede de 33 lojas Nosso Super, que estão dispersas por todo o país.